Universo do design

Post Single Page

ZEITGEIST, O ESPÍRITO DO TEMPO NA MODA

Cinthia

In ESTAMPARIA Posted

O grande desafio para sobreviver no mercado está centrado na capacidade de antecipar o futuro. …Ferramentas que possibilitem captar no presente os sinais do futuro.

– Ana Carol Campos

    A palavra Zeitgeist vem do alemão e significa espírito do tempo, ou, sinal dos tempos. O responsável pela elaboração do termo foi o filósofo Georg Hegel, o motivo do desenvolvimento dela foi para melhorar a compreensão dos movimentos na história em geral.

    O conceito expressa que cada parte histórica da humanidade tem o seu próprio espírito do tempo, ou seja, condiz com as ideias, pensamentos e consciência das pessoas que viveram na época. Essa percepção do mundo é determinada pelos acontecimentos vividos, que vão dando forma aos costumes, às ações e as crenças das pessoas.

    Então, podemos dizer que Zeitgeist é o que personifica o princípio da mudança na sociedade. Isso porque permite a visualização do caminho que a humanidade está tomando e assim “prever” alguns costumes, ou necessidades que surgirão. Trata-se de uma metodologia intuitiva, dedutiva e indutiva, que para o universo da moda ajuda a formular os diversos ciclos que compreendem a criação de produtos e serviços que possam ser de longa duração, médio prazo e curta duração.

 

 

    A influência do espírito do tempo reflete na criação, nos tecidos, na confecção e até mesmo na forma de distribuição e do consumo. Mas você deve estar se perguntando, o que é observado para montar essa concepção?

    Bem, o espírito do tempo pode ser estudado através de acontecimentos como guerras, conflitos, política, ideais de revolução, conquistas, alegrias, sofrimentos, econômia, condições e necessidades materiais e sociais. Tudo isso combinado a pesquisa da modificação que tais fatos causaram no estilo de vida do povo. É assim que se forma a trama para a construção da ideia da história que se tenciona decifrar. Aquele que quer prever o espírito do tempo deve estar atento a fatores como esses, para que consiga visualizar o futuro que as situações criarão.

 

(Photo by Topical Press Agency/Hulton Archive/Getty Images)

 

    Ainda contrariando a compreensão de que se o espírito do tempo se transforma, o que ficou para trás na história perdeu seu valor. Insistimos, que só é possível saber com exatidão o que vai determinar o comportamento futuro da humanidade olhando para as origens antigas, os caminhos pelos quais a sociedade já trilhou e as suas reações no passado. Isso porque acontecimentos ao longo da história, podem ainda em nossos dias causar emoções como na época do acontecimento.

 

 

    O fato do vestuário estar intimamente ligado ao contexto histórico vigente, as escolhas de cada design mesmo que subjetivas e individuais, não deixam de ser influenciadas pela tendência. Tendência que é formulada através do espírito do tempo, que por sua vez tem seus fundamentos em fatores socioculturais, econômicos e estilo de vida da sociedade. Essa influência permite, além, de ser assertivo no consumo, a criar novos produtos e serviços que serão a procura do futuro.

 

 

    A moda sempre foi construída pela história, arte, cultura e lifestyle, por isso é imprescindível não só conhecer, mas fazer o uso do Zeitgeist. No mercado sempre se destaca aqueles que preveem o futuro e estão preparados para ele, ou até mesmo a frente dele. E usar o espírito do tempo como uma ferramenta na criação de moda é indispensável. Mas para isso é preciso pesquisa, para aqueles que não dispõem desse tempo, já existem sites que dão acesso as suas apostas de tendências. E uma vez que entendemos que um constrói o outro, poderemos falar um pouco mais sobre importância da tendência na construção da criação de moda, seja em qual setor for. E para isso recomendo você pular para o nosso próximo post.

 

 

 

 

0 Comments

Leave a Comment