Universo do design

Post Single Page

A importância do design na vida cotidiana

Cinthia

In Design Posted

O design é uma das forças mais poderosas em nossas vidas, estejamos ou não conscientes disso, e também pode ser inspirador, capacitador e esclarecedor.

– Alice Rawsthorn

    A importância do design? Pois bem, o design tem um impacto profundo em nossas vidas diárias. No entanto, raramente pensamos nisso … O que é trágico, pois o design está presente desde que nascemos até quando morremos, e muitos ainda não dão a relevância merecida para esta profissão.
    Quando falamos na importância do design, muitos ainda associam a desenhos, artes ignoradas e a profissionais autônomos com salários baixos e sem futuro. Desde a cadeira, o chinelo, até a mais sofisticada tecnologia e construção, o design se faz presente. Isso só escancara uma coisa,  a importância do design é tão imensa e fundamental que vários setores da sociedade não funcionariam sem ele, e se funcionassem perderiam qualidade, funcionalidade e a utilidade dos produtos e serviços.

Então, qual a importância do design em nossa vida cotidiana? O que é design?

     Nada melhor do que exemplificar de forma notória, e essa foi a intenção do trabalho da arquiteta e  estudante de design industrial Katerina Kamprani , que criou uma divertida série  para mostrar a importância do design em nossas vidas e com seriam disfuncionais sem ele.

 

Criações de representação de Katerina Kamprani

 

  •  Design?

     A palavra design pode ter muitas definições, mas para nós só existem duas descrições equivalentes. A primeira é o design orientado para a solução de problemas, ou necessidades, ou ainda a segunda que é um tipo artístico de design. Ambas as formas de design ajudaram a sociedade a transcender o mundo moderno.

    O designer identifica ou compreende uma necessidade e, em seguida, procura soluções. Isso é feito através de um processo criativo, estudando ambientes, pessoas, descobrindo o que está faltando e como pode ser melhorado.  O design artístico é um pouco diferente. É auto expressivo, emocional, abstrato e evocativo. É um processo de experimentação usando todos os meios, de pinceladas a grandes esculturas de ferro, para transmitir a mensagem dos criadores.

    De uma concepção pessoal, o design nasce do nosso desejo de elevar nossas experiências, seja em um nível prático ou emocional. Design nos encoraja a explorar e experimentar, é um processo que está gravado em nosso DNA quanto espécie humana. Trata-se de criar uma experiência positiva para os usuários em todos os pontos de contato e em todas as interações. O design influencia o que pensamos, o modo como nos sentimos e as decisões que tomamos. 

     Como consumidores, as pessoas não pensam no esforço criativo ou no processo de pensamento que levou ao produto final. Eles simplesmente sabem que a experiência é maravilhosa e agradável. No entanto, quando se deparam com algo que é mal projetado, ou que agride a percepção visual, geralmente conseguem identificar suas falhas e logo desistem da aquisição e evitam produtos, serviços, ou ambientes da empresa em questão. E só nesse quesito já podemos perceber a importância do design e seu poder de atuação. 

 

 

  • O design afeta nossa vida?

    Quer estejamos conscientes disso ou não, o design nos rodeia e pode ser encontrado nos menores lugares e itens. Dê uma olhada no livro ao seu lado, no telefone em sua mão, no carro em que você anda, no site em que você está navegando, na roupa que você veste. Todos esses itens foram cuidadosamente executados por designers. O design não só envolve os nossos sentidos e atende as nossas necessidades, como também nos mantém conectados ao mundo, nos ajuda a navegar por diferentes ‘lugares’ sejam eles físicos, ou digitais.

    O design é usado para se comunicar, ou seja ele entende as nossas preferências, costumes, preferências e comportamentos e usa os dados para construir algo que irá suprir a necessidade e expectativa. Portanto ele atua ativamente na persuasão da nossa capacidade de tomada de decisões.

    Não só em produtos, onde quer que encontremos a linguagem por escrito, estamos vendo o trabalho de designers de fontes e tipografia que sutilmente (ou não) afeta sua percepção do que você lê. O design gráfico influencia e reforça nossa fidelidade à marca para os produtos que compramos, os lugares que compramos e comemos. A linguagem visual, o tom de voz, as imagens e as cores foram cuidadosamente elaboradas para que você chegue até você, o leitor, em uma ordem específica.

    Do design industrial, automotivo ao de comunicação, os bons designers entenderam a necessidade de conectar sua criação aos fundamentos das prioridades e compromissos das pessoas. Se tudo isso não melhora nosso mundo físico, nossa qualidade de vida ou não nos envolve emocionalmente, então não passa de idéias, e não é design de fato.

     Seus efeitos são em grande parte inconscientes ou subconscientes. Se isso é bom ou ruim, é discutível, mas você não pode negar a importância do design em nossas vidas e a melhoria constante que ele estimula e cria. Design é mais do que apenas belas fotos, roupas, a pinturas e fontes extravagantes. São anos de compreensão e experimentação, dominando os meios em que operamos, sabendo o que funciona e o que não funciona. É pesquisar, criar, recriar, se conectar, estudar, arriscar e esperar que seja mais uma criação que marcará positivamente a vida das pessoas. E pensar que ainda existem seres humanos que desacreditam a importância do design em nossas vidas. 

 

0 Comments

Leave a Comment