Universo do design

Post Single Page

A psicologia das cores a favor do design

Cinthia

In Design Posted

Vemos cores em tudo que existe ao nosso redor, a cada momento do dia, mas você já parou para pensar no impacto que cada uma dessas cores está tendo em você? 

Seja o efeito calmante do céu azul e dos campos verdes, ou mesmo a pressa e impulso do vermelho e amarelo nas cadeias de fast food e propagandas de Tv, cada cor está entrando em contato e movimentando alguma emoção dentro de nós. As cores não são somente figurativas, existe toda uma ciência (e arte) nos significados das cores, seja ela qual for. Como empreendedor ou designer, é essencial estar ciente desses significados das cores para auxiliar na escolha sabia podendo então explorar o poder mágico da psicologia das cores.

Para um negócio, seja seu ou do seu cliente, a cor entra em jogo nas mais diversas possibilidades. Você pode pensar imediatamente em elementos como logotipo, cartões de visita, papel de carta, decoração e identidade da marca. Porém o uso das cores não se limita, as opções de pigmentação também serão significativas em todos os materiais de comunicação e marketing  seja no site, mídias sociais, e-mails, apresentações e também ferramentas offline, como panfletos e embalagens de produtos. E claro que não podemos esquecer do desenvolvimento de produtos, como o design de estampa e a escolha das colorações.

Os milhares de anos vividos e evoluídos pela humanidade, resultaram em várias descobertas e criações, uma delas foi a associações entre as cores e objetos, percepções e emoções. Entender essas associações cria um atalho para conquistar o coração do seu cliente, ou público. Isso porque as cores provocam emoções específicas e influenciam até mesmo no comportamento. Sabendo que as cores possuem esse poder de intervenção, você também precisa saber que os sentimentos são muito mais poderosos do que os pensamentos racionais baseados em fatos e números, e a aplicação da psicologia das cores tornará seus esforços e projetos de marca e design muito mais eficazes.

 

Escolhendo cores

Antes de se aprofundar no significado de cada tonalidade, há algumas coisas que você deve ter em mente primeiro como:

Público-alvo – Você sempre terá que ter uma ideia clara de com quem está falando, ou seja, conhecer o estilo de vida, crenças e preferências das pessoas que irão compor seu público de consumo. Cada grupo diferente de pessoas exigirá uma abordagem diferente do marketing e design de produto.

Personalidade da marca – Precisará saber se ela abordará o lado masculino ou feminino, se tem uma proposta mais lúdica ou séria, moderna ou clássica. Você precisará ter uma boa noção da identidade da sua marca para poder escolher o melhor ajuste de cores.

Concorrência – Essa é uma dificuldade: às vezes você vai querer seguir as regras do seu setor para garantir que as pessoas reconheçam o que sua empresa/você faz. Porém as vezes, você vai querer quebrar essas regras para se destacar contra a multidão, com uma abordagem nova e inovadora. Então se decida.

Diferenças culturais – Cuidado! Vermelho representa boa sorte na China, mas na África do Sul é a cor do luto. Os americanos associam o verde ao dinheiro, pois essa é a cor das notas de dólar, mas esse não é um caso globalmente. Você precisará ser sensível a essas diferenças, dependendo de onde estiver criando. As cores também podem mudar ao longo do tempo de acordo com as transformações culturais e geracionais: beeeem antigamente por exemplo, o vermelho costumava ser visto como uma cor forte e masculina, enquanto o azul era uma cor feminina adequada para meninas.

Sombras e tons – Uma cor pode ter um significado geral, mas tons mais claros podem variar drasticamente em comparação com tons mais escuros, enquanto tons mais naturais e suaves diferirão das cores neons artificiais. Certifique-se de observar as associações específicas das diferentes tonalidades. Por exemplo, se você estiver usando neon verde, não defenda que só porque você escolheu um tom de verde, vai ser uma boa opção para uma marca ecologicamente correta.

Combinações de cores – Você provavelmente usará mais de uma cor e precisará pensar em quais cores funcionam bem em conjunto, e quais cores secundárias podem ajudar a adicionar alguns realces, ou equilíbrio. Para isso, indico o livro “A psicologia das cores” de Eva Heller.

 

 

Agora vamos explorar o que todas essas cores significam…

 

Vamos falar das cores do arco-íris…

 

Vermelho é energia, paixão e perigo

O que significa?

O vermelho está associado ao calor da energia e paixão, por muitas vezes denota raiva, mas também nos lembra da cor do sangue. Então, pense no vermelho do caminhão de bombeiro, ou no sinal de “parada” no trânsito anunciando atenção. Defende-se também que o vermelho estimula o apetite, e é por isso que as populares cadeias de fast food, combinam o vermelho com outra cor primária, no caso o amarelo, azul.

Já a Netflix usa o vermelho para atrair usuários à sua plataforma, usam a cor vermelha para chamar a atenção visual e textual do cliente para que ele entre, ou se conecte. Outra famosa marca vermelha é a Coca-Cola, já dizia a história que foi a campanha de marketing da Coca que marcou a figura do Papai Noel em vermelho.

Como usá-lo?

Se você tem uma marca que quer se destacar, então vermelho pode ser uma boa cor para você. Sua mensagem de alta energia e paixão a torna uma ótima opção para bebidas com base em cafeína, carros velozes ou esportes, algumas bebidas alcoólicas. Por outro lado, através de suas qualidades estimulantes de apetite, é uma boa opção para restaurantes que querem atrair clientes famintos. O vermelho também pode ser usado como uma cor de destaque para chamar a atenção para algo em sua embalagem ou para fazer com que os visitantes “comprem agora”, pois ativa a percepção de urgência e atenção. Para criação de produtos, o vermelho pode ser usado em sua diversidade de tonalidades tanto para o verão, quanto para inverno, mas sempre lembrando que é uma cor quente e para combina-la é preciso ter cuidado.

 

Laranja é criatividade, juventude e entusiasmo

O que significa?

Como cor secundária, o laranja combina o calor do vermelho e com a  diversão e a alegria do amarelo. Ela atrai a atenção sem ser tão ousada quanto o vermelho, e é usada para sinais de alerta como cones de trânsito e roupas de alta visibilidade. É uma cor energética que pode trazer à mente a saúde e a vitalidade, dada a sua ligação óbvia às laranjas e à vitamina C. Também é uma cor jovem, trazendo um elemento de vibração e diversão.

Um bom exemplo de usar laranja para se conectar com um público jovem de uma forma divertida é o Nickelodeon. Já no quesito de promover energia e atividade, o Gatorade usa um relâmpago laranja, enquanto o laranja também é usado para expressar algo topical como é o caso da Fanta.

Pode também haver razões históricas incomuns por trás da escolha da cor de uma marca, como é o caso da luxuosa Hermès, que escolheu a cor laranja como seu único cartão de “visita” disponível durante a Segunda Guerra Mundial. A lógica por trás disso é o fato de ser uma cor que transmite confiança, mas que geralmente não está associada ao luxo, portanto tiveram um uso estratégico para a época.

Como usá-lo?

Laranja pode ser uma ótima opção para uma marca jovem e criativa que quer ser um pouco diferente do convencional. É uma cor amigável que também estimula a ação, e assim como o vermelho, pode ser usado como uma cor de destaque para atrair os olhos e promover a atividade. Na criação de produtos, pode expressar a tropicalidade, o calor, bem como uma energia vibrante.

 

Amarelo é felicidade, esperança e espontaneidade

O que significa?

Ah, amarelo A cor do sol, rostos sorridentes e girassóis. É uma cor feliz, cheia de esperança e positividade. É outra cor que chama a atenção, relacionada ao otimismo e espontaneidade, mas também indica irritação, hipocrisia, inveja, impulsividade, por essa razão, também pode ser usada para indicar cautela, como vermelho e laranja.

Os arcos dourados do McDonald’s (na verdade, eles são amarelos) são um símbolo reconhecido mundialmente que pode ser visto de longe e é imediatamente associado à comida rápida.

Como usá-lo?

O amarelo é uma ótima opção para coisas que se ligam a velocidade, diversão e baixo custo. Tenha cuidado com as diferentes tonalidades: um amarelo brilhante atrairá a atenção das pessoas imediatamente, é também uma maneira útil de realçar, ou acentuar um design. Já um amarelo pálido, ou quente pode trazer a mensagem de algo natural e saudável, enquanto um amarelo néon pode dar a sensação de algo muito artificial.

 

Verde é natureza, crescimento e harmonia, mas também riqueza e estabilidade

O que significa?

O verde é universalmente associado à natureza, ligado à grama, às plantas e às árvores. Também representa crescimento e renovação, sendo a cor da primavera e do renascimento. Outra associação é “pegar o sinal verde” para ir em frente, dando-lhe uma associação de ação. Nos EUA, o verde (e especialmente o verde escuro) também está associado ao dinheiro e, portanto, representa prosperidade e estabilidade.

O verde gera uma sensação de equilíbrio visual, como resultado produz uma influência relaxante. Ressaltamos duas marcas famosas que usam diferentes tons de verde a Starbucks e a Spotify .

Como usá-lo?

A conexão com a natureza faz do verde uma escolha natural, ou seja, é a aposta certa para marcas que empregam a produção ecologicamente correta, orgânica, ou sustentável. Tal como acontece com o amarelo, desconfie das diferenças de tonalidades,  enquanto tons suaves, ou mais claros de verde podem representar a natureza, as versões de neon possuem o efeito oposto, trazendo a sensação de artificialidade e falta de harmonia. Nos produtos também é necessário o cuidado com as tonalidades do verde, enquanto tons mais claros expressam tranquilidade, tons médios representam tropicalidade e natureza, já os tons escuros transmitem força e verdes mais terrosos trazem a ideia de militarismo, guerra.

 

Azul é para calma, confiança e inteligência

O que significa?

O azul é a cor mais popular do mundo, tanto que quando se trata de preferências pessoais (para ambos os sexos), ou preferências empresariais, o azul sempre está à frente. É uma cor serena e calmante que representa inteligência e responsabilidade. É a cor ideal para instituições corporativas confiáveis, muitas vezes em combinação com um cinza de tonalidade média.

É a cor de preferência de empresas de TI, instituições financeiras e curiosamente, o azul é a cor de escolha para muitas redes sociais também. Isso porque a associação de confiança que o azul transmite funciona bem no contexto de uma rede social, com todas as preocupações sobre privacidade de dados e assim por diante.

Como usá-lo?

Se você quer ser imediatamente associado ao profissionalismo e confiança, então o azul é a cor para você. Uma vez que é universalmente apreciada, também é uma ótima opção usa-lá tanto para os homens quanto para as mulheres. Sua associação com tranquilidade indica ser uma boa aposta para negócios e produtos que se relacionem com relaxamento, terapia ou meditação.

 

Roxo é luxo, mistério e espiritualidade

O que significa?

O roxo é uma cor interessante: é quente e fria ao mesmo tempo, combina a paixão e a energia do vermelho com a calma e a serenidade do azul. Por causa de suas associações com a realeza, a púrpura é inerentemente prestigiosa e luxuosa. O corante roxo era historicamente caro, o que significava que apenas os governantes ricos podiam pagar. As classes dominantes e reis e rainhas de antigamente usavam púrpura e a Rainha Elizabeth I proibia até mesmo alguém de fora da família real de usá-la. O roxo também está associado à religião e à espiritualidade, uma vez que os antigos governantes eram considerados descendentes dos deuses e a cor tem um significado especial nas religiões, incluindo o catolicismo, o judaísmo e o budismo. Além de tudo o que é roxo está na moda, o Ultra Violet é a escolha da Pantone para a cor do ano de 2018 .

Como usá-lo?

Use roxo quando quiser evocar aquelas conexões reais e luxuosas, combinando com a cor do ouro o significado de luxo vai dar um salto. Use o roso também, quando quiser adicionar uma pitada de misticismo e espiritualidade à sua marca, ou produto. Adicione um pouco de verde para um contraste realmente marcante, ou o rosa para enfatizar o feminino e a sensualidade.

 

Vamos falar dos tons neutros…

 

O preto é  poder, elegância e sofisticação

O que significa?

Embora o preto possa ter conotações negativas como por exemplo, é a cor da morte, do medo e do luto. A cor é mais comumente associado ao poder e à elegância quando se trata de branding e marketing. É ousado, poderoso e um pouco misterioso, pode ser intimidante e inacessível também. Ao mesmo tempo, é uma cor inerentemente neutra e é frequentemente usada para tipografia e outros elementos funcionais.

Marcas de luxo, como a Chanel e a Dior, mantêm as coisas elegantes com um icônico logotipo em preto e branco. Marcas como essas querem ser um pouco intimidadoras e inacessíveis, o que as torna mais exclusivas e ambiciosas. O logotipo do James Bond 007 é preto. Os logotipos de jornais também tendem a ficar em preto, dadas as históricas impressoras a preto e branco. Naturalmente, a maioria das marcas terá uma versão em preto-e-branco de seu logotipo, pois a impressão em preto e branco tende a ser mais barata que a impressão em cores.

Como usá-lo?

Se você quer transmitir uma sensação de luxo, não há como errar com um simples esquema de cores em preto e branco. Combinado com uma tonalidade de ouro, ou combinado com o prata, ou  até mesmo um roxo real,  você  dará à sua marca um ar de exclusividade e prestígio. Por outro lado, o preto também pode ser usado com cores brilhantes para gerar contraste, e quando combinado com outras cores poderosas como vermelho, ou laranja, pode ser bastante impactante, e até mesmo agressivo.

 

Branco é  pureza, inocência e minimalismo

O que significa?

Se você entende um pouco sobre a ciência das cores, então saberá que a luz branca na verdade contém todas as cores do arco-íris, mas pelo menos a olho nú o branco é o oposto, pois é a ausência de qualquer cor. Branco representa pureza e inocência e cria uma estética minimalista. Pode ser muito simples, limpo e moderno. É também a cor mais neutra de todas, e pode ser bastante descritiva quando se trata do uso de outras cores mais excitantes.

A publicidade e a embalagem da Apple oferecem uma ilustração poderosa de como o branco pode ser usado para uma estética moderna e minimalista, que coloca o belo design do produto no centro das atenções. Marc Jacobs também é outro exemplo, ele imprime um logotipo preto simples em caixas de varejo de luxo brancas e sacolas de compras. Marcas de saúde e beleza que querem transmitir um ar de pureza e ingredientes naturais, também tendem a usar branco em suas embalagens. É um cor óbvia e assertiva para marcas de casamento, dada a tradicional associação com a virgindade e vestidos de casamento brancos.

Como usá-lo?

O espaço em branco pode ser tão importante em um design quanto todos os outros elementos criativos. O branco tende a ser a cor mais usada para os planos de fundo de sites, revistas e jornais, pois garante a fácil leitura do texto. Também é usado frequentemente como um destaque secundário em um esquema de cores. Juntamente com os pastéis, pode trazer à mente a primavera e a feminilidade, já combinado com preto simples, torna-se clássico e minimalista. Quando se trata de usar o branco, tem mais haver com a intenção do trabalho, ou empresa. Logo a escolha passa a se basear aonde usar, e não se deve ser usado, pois pode ser considerado uma cor de livre uso.

 

Cinza é profissionalismo, formalidade e convencionalidade

O que significa?

O cinza é uma cor mais madura e responsável, associada aos cabelos grisalhos da velhice. Suas conotações positivas incluem formalidade e confiabilidade, enquanto o lado negativo pode significar ser excessivamente conservador, convencional e carente de emoção. É seguro e bastante subjugado, sério e reservado.

A cor cinza raramente será usada como a estrela do “show”.  A marca de jóias Swarovski tem um logotipo cinza, embora, se você olhar para o site, a versão usada seja preta. É mais provável que você veja a cor cinza como uma cor secundária, desempenhando um papel de apoio para algum outro de cor mais forte.

Como usá-lo?

Use cinza se você tiver uma marca séria e quiser comunicar autoridade e estabilidade. Combinada com o azul, traz a mensagem de conservadorismo e confiabilidade. No entanto mesmo sendo secundária, é uma cor muito popular nos quesitos de design. Você pode considerar usar o cinza como uma alternativa ao branco, isso para obter um plano de fundo mais suave, ou como uma alternativa para um texto em preto para obter um contraste menos severo e facilitar a leitura.

 

Vamos falar um pouco mais…

 

Marrom é integridade, calor e honestidade

O que significa?

As tonalidades do marrom remetem a uma cor natural, associada à terra, e como resultado dá uma sensação de estabilidade e segurança (tanto que é usada em uniformes de policiais e de alguns exércitos). Dada a sua ligação com a terra, o marrom traz à mente a ideia da agricultura, naturalidade e atividades ao ar livre. É caloroso e amigável, prático e confiável, mas também pode representar o antiquado e bem estabelecido.

O marrom não é usado com frequência em logotipos, mas quando é usado, tende a representar utilidade. Embora o azul seja dada como uma cor corporativa típica, algumas empresas também usam o marrom para representar confiabilidade (com a adição do amarelo traz uma mensagem de calor e amizade).

Como usá-lo?

Marrom é uma cor quente e neutra, você pode usar como um fundo que transmite calor e estabilidade. É um uso assertivo em marcas e produtos que abordam elementos da terra, ou propostas naturais, combinado com o verde é opção correta para se transmitir a sensação de coisas orgânica e naturais. Você também pode usar marrom para dar a impressão de uma herança bem estabelecida e um senso de tradição. Tonalidades de marrom também funciona bem para marcas de chocolate, por razões óbvias.

 

Rosa é feminilidade, brincadeira e romance

O que significa?

Nos tempos modernos, é impossível ver rosa e não pensar em meninas, algodão doce e chiclete de cores vivas. Rosa representa feminilidade e romance, sensibilidade e ternura. É inerentemente doce, fofo e encantador.

Juntamente com marrom, rosa está entre as cores menos comuns nos logotipos . Usos típicos de rosa brilhante incluem Barbie e Cosmopolitan , com seus mercados-alvo óbvios. Empresas de casamentos e outras marcas femininas geralmente preferem um rosa mais claro. Os usos menos típicos incluem as marcas que visam se destacar de seus concorrentes e trazer um elemento de diversão e acessibilidade através de tons mais vibrantes.

Como usá-lo?

Usar rosa é um atalho rápido para comunicar “isto é para mulheres”, se você sabe que vai apelar para o  mercado alvo feminino romântico, então é uma ótima escolha. Para alguns públicos no entanto, pode ser desanimador, então você deve ser mais criativo, e procurar comunicar a feminilidade sem recorrer a clichês, usando tonalidades mais fechadas e diferenciadas. Pode ser usado também para adicionar um elemento inovador a um design sofisticado, como é o caso da mistura de roxa e rosa para transmitir sensualidade e luxo ao mesmo tempo.

 

Multicor é diversão, diversidade e otimismo

O que significa?

Nós sempre olhamos os significados das cores individuais, o que é certo, mas se são bem combinadas e equilibradas entre si, o efeito pode ser surpreendente. Então, o que acontece quando você usa várias cores juntas? Quais sentimentos são evocados com desenhos e designs multicoloridos? Bem, enquanto a marca monocromática traz a mensagem de foco e estilo, a marca colorida mostra que é uma marca lúdica, informal e criativa.

Como você pode imaginar e mesmo ver no seu dia a dia, as marcas infantis geralmente usam designs multicoloridos, mas as marcas adultas também podem ser criativas, certo?! Um exemplo mais do que bem conhecido é  O Google, eles usam várias cores em seu logotipo para representar a ludicidade da marca. Um outro caso interessante é o ebay , que tinha um logotipo similarmente colorido até 2017, quando simplificou seu logotipo para uma cor em seu marketing (embora o logotipo colorido ainda seja usado no site). Da mesma forma, a Apple evoluiu seu logotipo da maçã listrada multicolorida para uma de prata mais elegante.

Como usá-lo?

Por que escolher uma cor só quando você pode escolher várias delas ?! Usar muitas cores em sua marca e designs pode ser uma ótima maneira de se destacar, mostrar imaginação, atrair as crianças, ou até mesmo um público mais criativo. O mais legal é que você pode usar a variedade de opções, combinações e efeitos que residem na mistura de cores, e para tanto você pode usar as regras do círculo cromático. Então pense, você pode ter ‘pop’ real com as cores complementares, pode ter a harmonia através das cores análogas, ou o efeito dinâmico com as combinações triádicas.

 

Metálicos são riqueza, prosperidade e sucesso

O que significa?

Ouro e prata, ambos são metais preciosos, associados a riquezas e jóias caras. No quesito coloração, o ouro e o prata quando combinados com o preto, emprestam imediatamente a uma marca, ou produto o comunicado de glamour. O ouro é também a cor relacionada a vitória, conquista e sucesso. É uma cor quente da família do amarelo, como resultado, compartilha os atributos dele, como a alegria e o otimismo. A cor prata é mais fria, um pouco menos luxuosa, chegando em segundo lugar em relação ao dourado, mas ainda representando graça e elegância. O bronze pega o terceiro lugar e captura as qualidades do marrom, portanto, é uma mensagem mais natural e equilibrada.

A Rolex usa uma coroa de ouro em seu logotipo, enquanto a Lamborghini e a Porsche também usam elementos de ouro. O monograma da Louis Vuitton é dourado e marrom, então pelos exemplos, claramente, o dourado se revela a cor do luxo. Enquanto por outro lado, o prata é muito usado nos logotipos de carros onde denotam qualidade e elegância.

Como usá-lo?

Os efeitos metálicos podem ser difíceis de serem recriados digitalmente, pois se trata mais de combinações de materiais e texturas do que de fato de cores. O ouro é essencialmente um amarelo brilhante, a prata é cinza brilhante e bronze marrom brilhante. Você pode usá-los sugerindo um sombreamento, ou algum realce, mas o impacto total só poderá ser visto em materiais impressos, onde você pode usar um papel, tinta, ou textura para obter esse brilho metálico. Mas, para gerar uma identificação instantânea de “luxo”, não tem como errar usando o preto e o dourado.

 

Entrando no mundo das cores…

Esse universo que envolve cores, emoções, identidades de marcas e criação de produtos, claro que  não é uma ciência exata. Pessoas e etnias diferentes podem ter preferências pessoais que se sobrepõem a quaisquer tendências biológicas mais profundas, as culturas variam em suas interpretações e pode haver outras coisas que você queira levar em consideração também antes de usar uma determinada cor. Entretanto se você conhece as regras, pode brincar com elas e ver o que realmente funciona, mas também, as vezes deve se sentir livre para quebrá-las também. Apenas certifique-se de que você está fazendo isso de propósito, e não escolhendo combinações de cores malucas sem considerar o efeito que elas podem ter.

0 Comments

Leave a Comment